PARA OS AMANTES DA POESIA











"O poeta é um fingidor,

Finge tão completamente,

que chega a fingir que é dor,

a dor que deveras sente."


Fernando Pessoa

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Drama

Impotente, paralítico, em coma;
Descrente, acrítico, sem alma;
Doente, epilético, na forma;
Paciente, analítico, em suma;
Ah! Esse amor!
Está morrendo,
Está perdendo,
Todo o calor!
Um dia fora:
Potente, atlético, na forma;
Crescente, crítico, com alma;
Presente, prático, em suma;
Somente sádico, na cama!

Nenhum comentário:

Postar um comentário