PARA OS AMANTES DA POESIA











"O poeta é um fingidor,

Finge tão completamente,

que chega a fingir que é dor,

a dor que deveras sente."


Fernando Pessoa

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Dia e Dia

Tem dia, que tudo é poesia,
E cada coisa escrita, é fantasia,
Cada verso meu, uma alegria!

Tem dia, que tudo é saudade,
E cada coisa escrita, é realidade,
Cada verso meu, uma verdade!

Tem dia, que tudo é engrenagem,
E cada coisa escrita, é bagagem,
Cada verso meu, uma passagem!

Tem dia, que tudo é latência,
E cada coisa escrita, é essência,
Cada verso meu, uma sequência!

Tem dia, que tudo é surreal,
E cada coisa escrita, é anormal,
Cada verso meu, uma moral!

Tem dia, que tudo é poema,
E cada coisa escrita é fonema,
Cada verso meu, um teorema!

Nenhum comentário:

Postar um comentário