PARA OS AMANTES DA POESIA











"O poeta é um fingidor,

Finge tão completamente,

que chega a fingir que é dor,

a dor que deveras sente."


Fernando Pessoa

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Aguadeiro




Vejo nele
um aguadeiro,
E jorra água
pro mundo,
Mas ele mesmo
não bebe,
O alimento
mais fecundo!

A água que
jorra dele,
Limpa a alma
e o abismo,
Invade meu corpo
até ele,
Não reflete
o hedonismo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário