PARA OS AMANTES DA POESIA











"O poeta é um fingidor,

Finge tão completamente,

que chega a fingir que é dor,

a dor que deveras sente."


Fernando Pessoa

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Poesia de Poema



Quando o poema cai morto,
É quando nasce torto.

Quando o poema chega certo,
É quando está perto.

Quando o poema fala de amor,
É quando sente todo o ardor.

Quando o poema grita alto,
É quando cai num salto.

Quando o poema sofre,
É quando está no cofre.

Quando o poema chora,
É quando vai embora.

E, quando o poema acontece,
É quando amanhece!

Nenhum comentário:

Postar um comentário