PARA OS AMANTES DA POESIA











"O poeta é um fingidor,

Finge tão completamente,

que chega a fingir que é dor,

a dor que deveras sente."


Fernando Pessoa

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Mr. Reader's Poem


Se te decifro, me abres as portas de Corinto!
Se não; me comes, eu sinto!
O que pode ser pior? Labirinto!
De todo jeito, me capturas... Não  minto!
É inebriante, é absinto!
És a esfinge, o tabu, o instinto...
Cadente sob a luz do sol, distinto!
Emblematicamente misterioso, retinto!
E quando não, extinto!

Nenhum comentário:

Postar um comentário