PARA OS AMANTES DA POESIA











"O poeta é um fingidor,

Finge tão completamente,

que chega a fingir que é dor,

a dor que deveras sente."


Fernando Pessoa

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Nesses instantes

Nesses instantes de pensar,
Te revelo!
Nesses momentos de sentir,
Me rebelo!

Nesses oceanos de saudade,
Me afogo!
Nesses mares de distância,
Te trago!

Nesses dias incontáveis,
Te espero!
Nesses eternos infindáveis,
Me guarda!

Nesses teus dias de inverno,
Me esquento!
Nesses meus dias de verão,
Te aqueço!

Nesses encontros astrais,
Te cruzo!
Nesses infinitos universos,
Me tens!

Um comentário:

  1. És toda coração ao escrever....
    teus versos comovem ...
    Ainda te sinto meio Cecilia meio Bruna...
    Mas muito Ale....
    São todos lindos... comentar um poema teu, não significa gostar mais de um ou de outro... significa fazer um sorteio entre os belos....
    parabéns....

    ResponderExcluir