PARA OS AMANTES DA POESIA











"O poeta é um fingidor,

Finge tão completamente,

que chega a fingir que é dor,

a dor que deveras sente."


Fernando Pessoa

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Na tua Persona

Na tua persona,
Há todos os filmes,
que  vi!
E na tua poltrona,
Todos os livros,
que li!
É na pele de um Ricardo...
Assim te vejo:
Que venho até teu reino,
-Um pântano!
E meu cavalo treino!
E como Davi,
Me acertas no meio!
Te agigantas,
Me matas...
És o primeiro!
Que falta?
És o libertino de ontem,
O Ricardo de minha sombra...
O Davi que me apedreja,
A literatura que me almeja!
Tuas falas sádicas,
Tuas imagens fálicas,
Provocam minha poesia,
Vassalagem e pornografia,
Meu verso na tua magia!

Nenhum comentário:

Postar um comentário