PARA OS AMANTES DA POESIA











"O poeta é um fingidor,

Finge tão completamente,

que chega a fingir que é dor,

a dor que deveras sente."


Fernando Pessoa

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Preciso

Se é preciso dizer o que li?
Das impressões que senti,
E do tempo que vi!

Nem é preciso saber o que li...
Das sensações que sofri,
E do que penso de ti!

Mas é preciso reter o que li;
Das emoções que abri,
E do mundo que vi!

Nenhum comentário:

Postar um comentário