PARA OS AMANTES DA POESIA











"O poeta é um fingidor,

Finge tão completamente,

que chega a fingir que é dor,

a dor que deveras sente."


Fernando Pessoa

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Sepultura Mítica

Uma fantástica história,
No paradoxo da mente;
De som, calor e glória,
E assim, de repente...
Encontrei!
Uma fotografia mítica,
No marítimo espiral;
De um ser sem crítica,
E, sem nada especial...
Velei!
Uma idéia vaporosa,
No encontro dos fusos;
De uma imagem calorosa,
E, pensamentos confusos...
Deixei!
Uma decorosa sepultura,
No cemitério dos mitos;
De dor amor e cultura,
E, seguindo meus ritos...
Sepultei!

Um comentário:

  1. I miti nascono e muoiono in un eterno perpetuarsi.e' una reincarnazione eterna.

    ResponderExcluir