PARA OS AMANTES DA POESIA











"O poeta é um fingidor,

Finge tão completamente,

que chega a fingir que é dor,

a dor que deveras sente."


Fernando Pessoa

sábado, 8 de outubro de 2011

Estribilho para meu filho

Dorme, meu filho,
Estou aqui, por ti...
A escrever
Este estribilho!

Dorme, meu filho,
Estou sem sono, sem dono...
A enfeitar
Este estribilho!

Dorme, meu filho,
Estou aberta, em alerta...
A refazer
Este estribilho!

Dorme, meu filho,
Estou em alta, e falta,
Eu terminar
Este estribilho!

Nenhum comentário:

Postar um comentário