PARA OS AMANTES DA POESIA











"O poeta é um fingidor,

Finge tão completamente,

que chega a fingir que é dor,

a dor que deveras sente."


Fernando Pessoa

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Perda

Perder-me de ti,
É  perder-me de Deus,
A saudade em si...
E não saber mais dos teus!

Perde-se até o futuro,
Os sonhos, e as fantasias,
São dias no escuro,
Pesadelos medonhos, utopias!

Perca-te de mim,
E perca-se de Deus,
A nostalgia do fim,
E não saber mais dos meus!


Nenhum comentário:

Postar um comentário