PARA OS AMANTES DA POESIA











"O poeta é um fingidor,

Finge tão completamente,

que chega a fingir que é dor,

a dor que deveras sente."


Fernando Pessoa

terça-feira, 2 de agosto de 2011

PESADELO




Esta noite...
Vi teus fantasmas,
Vi tua face de horror
E, nesta noite...
Velando teus medos,
Aplaquei minha dor!

Esta noite...
Ouvi teus gritos,
Ouvi teu falar de rancor,
E, nesta noite...
Secando tuas lágrimas,
Afrouxei meu pavor!

Esta noite...
Vim te dar paz,
Vim embalar teu terror,
E, nesta noite...
Sonhando teus sonhos,
Abracei meu amor!

Nenhum comentário:

Postar um comentário