PARA OS AMANTES DA POESIA











"O poeta é um fingidor,

Finge tão completamente,

que chega a fingir que é dor,

a dor que deveras sente."


Fernando Pessoa

segunda-feira, 30 de junho de 2014

Saudades

Ah que saudades desse tempo, 
que não eras meu!
Saudades de um tempo,
que a ti não pareceu,
Que saudades desse eu,
que não me pertenceu!
Saudades, saudades...,
do que nunca fora meu!



Nenhum comentário:

Postar um comentário