PARA OS AMANTES DA POESIA











"O poeta é um fingidor,

Finge tão completamente,

que chega a fingir que é dor,

a dor que deveras sente."


Fernando Pessoa

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Tear



Indi visível veste vê-se, 
Álibi teu! 
Volta e retorna à Penélope... 
Ulisses mentiroso... Pescador! 
Desfiz o tear, 
Aquele das letras do meu pomar! 
Ilusão marítima, um homem a mar! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário