PARA OS AMANTES DA POESIA











"O poeta é um fingidor,

Finge tão completamente,

que chega a fingir que é dor,

a dor que deveras sente."


Fernando Pessoa

domingo, 1 de abril de 2012

Assim

E assim te vejo:
Puro aberto,
espontâneo,
Duro, certo, instantâneo,
E enfim, te beijo!

E assim te quero:
Louco, intenso,
impreciso,
Rouco, imenso, indeciso,
E enfim, te espero!

E assim te chamo:
Amado, nobre, ideal,
Alado, livre, normal,
E enfim, te amo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário