PARA OS AMANTES DA POESIA











"O poeta é um fingidor,

Finge tão completamente,

que chega a fingir que é dor,

a dor que deveras sente."


Fernando Pessoa

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Reprise de Aguadeiro



Flui do teu salar,
Deserto de Aguadeiro,
Chuva seca no mar,
Alaga mundo inteiro!
É prata de luar,
Que venta devaneio...
- Teu olhar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário