PARA OS AMANTES DA POESIA











"O poeta é um fingidor,

Finge tão completamente,

que chega a fingir que é dor,

a dor que deveras sente."


Fernando Pessoa

domingo, 13 de novembro de 2011

Indiferente

Não te surpreendo,
Não te toco,
Não me compreendo,
É um sufoco!

Não te manejo,
Não te domino,
Não me revejo,
É um ferino...

Não te capturo,
Não te atormento,
Não te seguro,
É um lamento!

Não te encanto,
Não te ilumino,
Não te espanto,
É um menino...

Nenhum comentário:

Postar um comentário